D@CL Hospital de Santa Cruz – REDUÇÃO DO FLUXO DO SEIO CORONÁRIO

Decorreu no passado dia 16/4, no Hospital de Santa Cruz em Carnaxide, o D@CL dedicado à implantação do dispositivo Reducer® no seio coronário para a redução do seu fluxo e, dessa maneira, ajudar no tratamento de doentes com angina refractária não passível de tratamento percutâneo ou cirúrgico (seja por doença extensa, difusa, oclusões não revascularizáveis ou mesmo por ausência de alvo para tratamento, nomeadamente na doença da microcirculação).

O Dr. Shmuel Banai efectuou uma palestra em que apresentou o dispositivo, explicou o racional da técnica e mostrou alguns casos previamente efectuados.

Foram tratados com sucesso e sem complicações 3 doentes com doença da coronária esquerda não revascularizável (por questões anatómicas do seio coronário, esta técnica não consegue resolver isquémia do território da dependência da coronária direita). Ao fim de aproximadamente 6 a 8 semanas (tempo necessário para que o fluxo do seio coronário seja de facto reduzida após a implantação do dispositivo) espera-se que cerca de 80% dos doentes melhoram das queixas de angor.

Foi, uma vez mais, um dia muito interessante de aprendizagem e partilha de conhecimento.

A APIC gostaria de agradecer a possibilidade dada aos seus sócios de participarem nesta iniciativa. Os nossos agradecimentos estendem-se ao Serviço de Cardiologia do Hospital de Santa Cruz e à equipa da Unidade de Hemodinâmica (UNICARV), particularmente ao Dr. Miguel Mendes, director do Serviço de Cardiologia, ao Dr. Manuel Almeida, responsável pela UNICARV e ao Dr. Sérgio Madeira, cardiologista de intervenção do centro e principal organizador da iniciativa.