A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC), promove a 7ª Reunião do Grupo de Válvulas Percutâneas nos dias 25 e 26 de janeiro, na Fundação Dr. António Cupertino Miranda, no Porto. “Esta iniciativa é uma excelente oportunidade para promover o conhecimento, a partilha de experiências e o debate sobre as mais recentes inovações e as
day@cl--Setubal
Decorreu no passado dia 20 de Dezembro, no Hospital de São Bernardo em Setúbal, a última edição do D@CL, desta vez dedicado ao tratamento de doença coronária complexa e calcificada por aterectomia rotacional. Contamos com a honrosa presença do Dr. Georg Gaul, de Viena, um dos maiores peritos mundiais na técnica, que muito valorizou o
D@CL-Santa-Marta-–-Trans-caval-acess-for-TAVI
Decorreu no passado dia 27 de Setembro, no Hospital de Santa Marta em Lisboa, a última edição do D@CL, desta vez no âmbito da cardiopatia estrutural, tendo sido efectuados os primeiros casos de acesso trans-cava para realização de TAVI em Portugal. Contámos com a presença do Dr Adam Greenbaum (Hospital Henry Ford, Detroit, EUA), que
Um estudo promovido pela Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular acaba de revelar que a maioria das pessoas com mais de 70 anos (85 por cento) sabe que o coração tem válvulas, mas apenas 18,3 por cento já ouviu falar de estenose aórtica, a principal doença valvular, que afeta 32 mil portugueses. “Estes dados mostram-nos que
A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) vai prestar homenagem ao médico Ricardo Seabra Gomes, responsável pela realização da primeira angioplastia coronária em Portugal, no próximo dia 17 de novembro, pelas 12 horas, no Centro de Conferências de Tróia. “Este ano a cardiologia de intervenção está a assinalar, em todo o mundo, os 40 anos
A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC), em parceria com a Associação Nacional de Unidades de Saúde Familiar (USF-AN), vai promover um workshop, gratuito, dirigido a internos e especialistas de Medicina Geral e Familiar, no próximo dia 18 de novembro, entre as 9h30 e as 13h, no Centro de Conferências de Tróia. “O médico de
O coração tem quatro válvulas cardíacas que têm como função controlar o fluxo de sangue que entra e sai. Quando as válvulas do coração não funcionam corretamente podem surgir dois tipos de doença: a estenose aórtica (estreitamente da válvula aórtica) ou a regurgitação mitral (degeneração da válvula mitral). A regurgitação mitral é a segunda doença
A estenose aórtica é uma doença que afeta 32 mil portugueses, maioritariamente pessoas acima dos 80 anos, limitando as suas capacidades e qualidade de vida. Carateriza-se por um aperto na válvula aórtica, provocando cansaço, dor no peito e desmaios. Apesar de ter tratamento, muitos doentes não o estão a receber. É, por isso, necessário alertar
Uma angioplastia é um procedimento médico, realizado por uma Equipa de Cardiologia de Intervenção, com o objetivo de melhorar o fluxo sanguíneo nas artérias e veias do corpo humano. Este procedimento pode estar indicado quando placas de colesterol obstruem, parcial ou totalmente, os vasos sanguíneos comprometendo o seu fluxo. Como consequência da obstrução das artérias
A fibrilhação auricular é uma perturbação do ritmo cardíaco (arritmia) que se associa ao risco de acidente vascular cerebral (AVC). Nesta arritmia, o coração perde a capacidade de contração das aurículas. A estagnação de sangue nestas cavidades proporciona a formação de coágulos (trombos) que poderão deslocar-se e migrar para a circulação cerebral e provocar um